Delivery (19) 3408-0054

Blog

31
maio

Bacalhau? Como essa tradicional comida chegou ao nosso País!

Bacalhau! A história do famoso peixe remonta do século IX, na Escandinávia. Por conta das longas viagens, os vikings encontraram um meio de conservação do alimento com a secagem ao ar livre. A técnica de conservação permitiu que o alimento pudesse ser consumido nas longas viagens pelos oceanos.

A imagem apresenta um prato branco em cima de uma mesa de madeira, com bacalhau cozido e pequenos pedaços de legumes por cima.
Um delicioso prato de peixe.

O peixe duro e seco era devorado aos pedaços, como se fosse um biscoito. Com essa dieta, os desbravadores escandinavos chegaram longe e atravessam o oceano até o Canadá. O alimento também foi moeda de troca usada pelos vikings a fim de trazer dos portos europeus mercadorias como gado, cereal, madeira e tecidos.

Esse peixe chegou ao Brasil junto com as caravelas portuguesas. Uma das mais saborosas heranças coloniais, o consumo do peixe foi impulsionado com a abertura dos portos, promovida por D. João VI. A bacalhoada já faz parte da tradição brasileira e obrigatória nas festas religiosas católicas, como a sexta-feira Santa e o domingo de Páscoa.

E aí, ficou com vontade de degustar esse belo prato? Passe aqui no Restaurante Farol! Aqui temos uma lista de variedades esperando especialmente para você:

À moda do Farol: posta de bacalhau frita no azeite, urucum, cebola, batata portuguesa, ovos, arroz, salada e pão.

À Zé do Pipo: posta de bacalhau, cebola, maionese, coberto com purê de batata gratinado, azeitonas, arroz, salada e pão.

À Jardineira: posta de bacalhau cozido com legumes à vapor, arroz, salada e pão.

Posta de Bacalhau: batata cozida, pimentão, cebola, azeitonas verdes e pretas, ovo e azeite, arroz, salada e pão.

Gratinado: posta de bacalhau, batatas cozidas, camarão 7 barbas, no molho bechamel gratinado, arroz, salada e pão.

Posta de Bacalhau: brócolis, cebola e batata cozida, alho, arroz, salada e pão.

Bacalhau desfiado: purê, molho branco, arroz, salada e pão.

PARMEGIANA: UM PRATO BRASILEIRO DE NASCENÇA!